sábado, 22 de julho de 2006

Fobias

Ia eu pela rua muito calminho da vida quando me deparo com dois drogados e sem querer acabei por escutar a conversa que estavam a ter, um deles vira-se para o outro e diz que tinha uma enorme fobia ás agulhas, isto até podia ser banalíssimo se não fosse o caso da vida dele girar à volta das agulhas, no momento seguinte está ele a injectar a sua DDR (dose diária recomendada) o que torna esta situação paradoxal, é quase como eu querer ser nadador salvador e não saber nadar.

11 comentários:

Daniela Mann disse...

iá!!!
Que cena!
Beijinhos da Dani

O Criminoso disse...

DDR!!! :D

Eu tenho fobia à voz da Tatiana! Mas fiquei a ver o concerto até ao fim, por isso, não deve haver grande diferença entre mim e esses drógados (não foi erro, eu digo mesmo drógados).

Abraço

SPECTATOR disse...

lol!
coitado do homem.
isso pode incluir-se em doenças profissionais?
lol
abraço

SePo disse...

Pois, está ai qualquer coisa estranha. Ou então ele está tão alucinado quando se injecta que pensa que aquilo é uma cenoura.

marcox disse...

ele deve ter medo é que as agulhas se acabem! hehe

Cruzeiro disse...

O marcox deve ter razão, a fobia dele deve ser medo de que as agulhas acabem. :)

Sanfona Lusitana disse...

Estes tóxicos de hoje em dia são super básicos. Ainda não ouviram falar das maravilhas do catéter: Instala-se uma vez e é só fazer a higiene diária. Depois até dá para servir o "cavalo" em jarro de limonada.

Anónimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anónimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anónimo disse...

Your are Excellent. And so is your site! Keep up the good work. Bookmarked.
»

Anónimo disse...

Your site is on top of my favourites - Great work I like it.
»